Artigos

Promessas de ano novo

Quem já não fez promessas para o ano novo? Entre tantos “no ano que vem eu vou…” podemos destacar os de praxe: Parar de fumar, casar, fazer aquele curso, emagrecer, quitar as dívidas. E por aí vai.     E cada um sabe das promessas que se fez no ano passado, mas que não foram cumpridas. Pudera! Essa falta de tempo, de dinheiro, de contatos, de sorte, etc. Desculpas não faltam. Desculpas nunca faltam, quando não se tem uma, se inventa! Não é assim?

Demorou, mas acordei para o fato que nada fica diferente, como num passe de mágica, só porque o ano mudou.

Se a mudança não ocorrer dentro de nós, se não pararmos de nos auto-iludir achando que “no ano que vem” as maiores bençãos virão até nós, nada irá acontecer.

Porque somos nós quem temos de ir ao encontro de nossas bençãos. Somos nós que temos uma atitude pra tomar e enfim quebrar os velhos padrões aos quais estamos acostumados e por vezes até acomodados.

E não é nada fácil sair de um velho padrão, deixar nossa zona de conforto e segurança, a fim de explorar um mundo novo.

Eu tento passar esta idéia para meus alunos que estão vendo improvisação, fazendo uma analogia com a música.

Eu sei que você pode tocar bem melhor e se expressar bem melhor com seu instrumento. Mas o fato de eu saber não muda nada. Só você pode se convencer disto. E a melhor forma é caminhando para tal objetivo, pois é a própria trajetória que vai nos lapidando. Este conceito se aplica a qualquer área da vida.

O 1º de janeiro é um dia como outro qualquer. A gente nem pode ter a certeza que ele chegará. Só existe o agora!

Por isso, ao invés de promessas para o ano que vem, se precisamos tomar uma atitude, a hora é agora!

O tempo, pra se vingar de quando é desperdiçado, adora brincar de soprar nossos sonhos pra longe.

Boas festas.

CALENDÁRIO

outubro 2019
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

ARTIGOS

@shergom      

NUVEM DE TAGS